5 dicas que você precisa saber sobre cibersegurança - Aprendizagem de analistas de negócios

5 dicas que você precisa saber sobre cibersegurança - Aprendizagem de analistas de negócios

Sem surpresa, muitas PMEs não conseguem resistir aos danos de um ataque cibernético. 60% deles falham seis meses depois de um, mas isso não precisa acontecer com sua empresa. Aprenda por que a segurança cibernética é essencial e descubra algumas estratégias econômicas e essenciais que as empresas devem considerar a seguir.

Dica rápida: Antes de mergulhar na importância da segurança cibernética, há algo que você pode fazer agora para melhorar sua segurança online. Oculte seu endereço IP.

Você pode estar pensando: “por que devo ocultar meu endereço IP?” Bem, seu endereço IP é um identificador único que os hackers podem usar para rastrear o que você faz online. Eles podem aproveitar essas informações para obter acesso às suas contas pessoais ou profissionais ou lançar um ataque cibernético contra sua empresa.

É por isso que você deve habilitar uma VPN sempre que se conectar à Internet. As VPNs não são apenas acessíveis, mas também funcionam em todos os dispositivos e tornam quase impossível para alguém rastrear o que você faz.

Por que sua empresa é alvo de cibercriminosos

Muitas pequenas e médias empresas têm o equívoco de que são pequenas demais para interessar aos hackers. Essa crença é 100% falsa. Mais de 70% de todos os ataques cibernéticos acontecem a empresas com 100 ou menos funcionários.

Pode surpreendê-lo, mas há uma razão lógica para isso. Todas as empresas possuem dados valiosos. Eles podem armazenar registros de funcionários ou clientes contendo informações confidenciais, como números de identificação pessoal, endereços e informações de contas bancárias.

Mesmo que os hackers não estejam interessados ​​nos seus dados, eles podem bloquear o acesso aos seus arquivos por meio de um ataque de ransomware para forçá-lo a pagar uma taxa de resgate. Como os cibercriminosos sabem que o tempo de inatividade custa dinheiro às empresas, é fácil para eles atacar as pequenas empresas e forçar suas vítimas a pagar.

Ao mesmo tempo, as PMEs tendem a ter protocolos de segurança muito mais baixos em comparação com empresas maiores. Eles são menos propensos a investir em tecnologias de segurança e treinamento, tornando-os alvos mais fáceis. Esses fatores generalizados significam que nunca houve um momento mais importante do que agora para levar a sério a segurança cibernética.

Cinco etapas para melhorar a segurança cibernética

Melhorar a segurança cibernética de sua empresa não precisa ser difícil ou caro. Aqui estão cinco ferramentas e estratégias fáceis e econômicas que você pode aplicar agora:

1. Sempre habilite uma VPN

Conforme mencionado, as VPNs ocultam endereços IP e também criptografam conexões de Internet. Essa dupla camada de segurança significa que não é apenas muito mais difícil para os hackers (ou qualquer pessoa, nesse caso) rastrear o que você faz online, mas também implica que, se o fizerem, não será fácil vincular a você.

Não se esqueça de que usar a internet não significa apenas navegar na web. Envolve o acesso a ferramentas SaaS baseadas na nuvem, o acesso à sua rede remotamente e o uso da maioria dos aplicativos de desktop atualmente, uma vez que muitas vezes dependem de conexão com a Internet.

Seja para uso pessoal ou profissional do dispositivo, habilite uma VPN em todos os momentos.

2. Melhore a segurança da sua conta

70% dos usuários da Internet reciclam suas senhas. É mais fácil do que lembrar uma senha exclusiva para todas as suas contas online, mas também é perigoso porque se um hacker obtiver acesso a uma de suas senhas, todas as outras contas estarão em risco.

Siga os conselhos que você encontra em todos os lugares e use senhas longas, complexas e exclusivas que combinam letras, números e caracteres especiais.

Parece difícil lembrar de todas essas senhas? Em seguida, invista em um gerenciador de senhas. Os gerenciadores de senhas irão ajudá-lo a gerar, armazenar e gerenciar senhas. Você pode até usá-los para compartilhar senhas com sua equipe de forma segura.

Existem muitas opções acessíveis por aí, começando com apenas alguns dólares por mês. Ao procurar a ferramenta apropriada que funciona para você, certifique-se de procurar recursos adicionais, como autenticação multifatorial e biometria - varredura facial e de impressão digital.

3. Faça backup de sua rede e dispositivos rotineiramente

Como mencionado, o ransomware bloqueia os usuários de arquivos essenciais. A maneira mais fácil de bloquear essas ameaças é ter acesso aos backups.

Fazendo backup rotineiro de seus sistemas, você terá controle sobre seus dados. Certifique-se de usar criptografia de arquivo também para que a única pessoa que possa acessar seus dados seja você ou pessoal autorizado.

4. Atualizar, atualizar, atualizar

71% das pessoas ignoram os avisos de segurança. Apenas 38% dos usuários mantêm seus sistemas atualizados. Os hackers sempre encontram novas maneiras de atacar aplicativos e sistemas operacionais. Felizmente, os desenvolvedores mais conceituados criam patches de segurança para corrigir fraquezas ou bugs, uma vez detectados. Tudo o que você precisa fazer é atualizar seu dispositivo gratuitamente. Surpreendentemente, as pessoas pulam atualizações o tempo todo. Você pode ativar as atualizações automáticas para instalá-las em segundo plano fora do horário de trabalho, se não quiser lidar com atualizações durante o expediente.

Da mesma forma, verifique pelo menos 1-2 vezes por semana para ver se você tem atualizações urgentes e certifique-se de fazer isso para todos os seus dispositivos conectados.

5. Cuidado com o que você clica

A maioria do malware chega por meio de downloads ou links. Se você não clicar no malware, não há como ele acessar seu computador.

Sempre que alguém lhe enviar um arquivo, reserve alguns segundos para confirmar se é um arquivo real ou um malware potencial. Independentemente de você conhecer bem o remetente ou o site da Web, verifique todos os arquivos e links antes de clicar neles. Leva apenas alguns segundos e reduzirá radicalmente o risco de infecção por malware.

A cibersegurança não é difícil nem cara. Invista nessas estratégias econômicas e diretas e treine sua equipe na implementação dessas medidas. Dessa forma, você dará à sua empresa a segurança de que ela precisa para sobreviver durante esses tempos econômicos desafiadores.

Você também pode estar interessado em